04/01/2016 às 09h57min - Atualizada em 04/01/2016 às 09h57min

Estado Islâmico divulga execução de britânicos

Membros do grupo extremista ainda chamaram o primeiro-ministro David Cameron de 'imbecil'

BAND
Grupo registrou a execução dos prisioneiros britânicos / Reprodução Grupo registrou a execução dos prisioneiros britânicos Reprodução

O grupo terrorista Estado Islâmico divulgou um vídeo neste domingo (3) em que mostra a execução de cinco supostos espiões britânicos.

Nas imagens, um homem faz um discurso contra o governo da Grã-Bretanha e chama o primeiro-ministro do país, David Cameron, de "imbecil".

"Quão estranho é o líder de uma pequena ilha ameaçar-nos cheios de planos. [...] Parece que você é igual aos seus antecessores [Tony] Blair e [Gordon] Bown: arrogante e tolo. Na verdade David, você não é mais que um imbecil. Só um imbecil poderia desafiar uma luta contra uma terra que está sob as leis e onde Alá reina supremo e onde as pessoas vivem sob a justiça e a segurança da Sharia [lei islâmica]", diz o militante segundo o Telegraph.

Imitando os jeitos do famoso "Jihadista John", o inglês que era a voz oficial dos extremistas no vídeo e que foi morto em um ataque aéreo, o homem desafia novamente o mundo ocidental dizendo que os governos desses países "abandonarão" todos aqueles que lutarem contra o EI.

Após o tradicional grito de "Alá é grande", os cinco britânicos que estão ajoelhados e usando as roupas laranjas - iguais às utilizadas em decapitações - são atingidos por tiros na cabeça.

Ao fim do vídeo, uma criança também com sotaque inglês afirma que o grupo "matará todos os não-crentes onde quer que estejam".


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »