25/05/2017 às 00h50min - Atualizada em 25/05/2017 às 00h50min

The Guardian faz editorial pedindo eleição direta no Brasil

A publicação britânica afirmou, na seção de opinião, que "o povo merece ter voz"

Luiza Calegari
Exame
The Guardian faz editorial defendendo eleições diretas no Brasil (The Guardian/Reprodução))

São Paulo – O jornal britânico “The Guardian” publicou ontem um editorial defendendo novas eleições diretas no Brasil, após o presidente Michel Temer se negar a renunciar ao cargo.

 
 
 

 

Para o jornal, as chances de o presidente se manter no cargo após as acusações feitas contra ele são baixas, tendo em vista o julgamento da chapa Dilma-Temer no TSE (marcado para o dia 6) e a possibilidade de parlamentares convencerem Temer a renunciar.

No entanto, segundo o editorial, se os políticos investigados escolherem o próximo representante do executivo, o povo brasileiro pode entrar em uma apatia, ou fazer com que a população se volte, no longo prazo, para figuras autoritárias, como Jair Bolsonaro, por sua imagem de “anti-político”.

O editorial termina conclamando: “os políticos brasileiros colocaram o país nessa bagunça: eles deveriam deixar os 143 milhões de eleitores decidirem como querem sair dela”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »