31/05/2017 às 07h29min - Atualizada em 31/05/2017 às 07h29min

Motorista da Uber é sequestrado e amordaçado durante roubo de carro

Viviane Oliveira
Campo Grande News
Google

Homem de 28 anos, motorista da empresa Uber, teve o carro levado por criminosos após ser sequestrado, amarrado, amordaçado e largado em uma rodovia. O fato aconteceu por volta das 19h30 de ontem (30), atrás do supermercado Atacadão, da Avenida Duque de Caxias, em Campo Grande.

No total, cinco suspeitos foram presos. Ithalo José Ferraz Mourão, 20 anos, Rogério Silva de Brito, 28 anos, Igor Figeiró Rando, 18 anos, Andreia Sanches, 36 anos, e Alessandra Vieira Santiago, 31 anos, foram detidos a 144 quilômetros da Capital, na madrugada desta quarta-feira. 

Conforme boletim de ocorrência, a vítima relatou que foi acionada para buscar os supostos passageiros na Rua Barão do Rio Branco. Lá, um homem se identificou como Thiago e disse que havia solicitado a corrida para os dois colegas que iriam até o Atacadão da Duque de Caxias.

Quando chegou próximo ao atacadista, um dos passageiros colocou a arma em direção à cabeça da vítima e anunciou assalto. O motorista foi obrigado a ir para o banco de trás e a deitar no colo de um dos assaltantes com um casaco de frio no rosto, para que não visse o trajeto feito pelos criminosos.

Durante o percurso, o motorista da Uber notou que entrou mais gente no veículo, inclusive uma mulher que o amarrou e amordaçou. Em seguida, ele foi colocado no porta-malas do automóvel. A todo momento, segundo depoimentos do Uber à polícia, a mulher se dizia integrando do “comando”, que seu marido era chefe e caso não cooperasse seria morto.

Após 90 minutos sob poder dos ladrões, a vítima foi deixada amarrada e amordaçada em uma estrada vicinal, na saída para Rochedo. Ele conseguiu se soltar e ir até uma chácara, onde foi socorrido por um morador, que acionou a Polícia Militar. Os suspeitos de terem cometido o crime foram presos horas depois no município de Rio Negro. O modelo do carro, que foi recuperado, não foi informado pela polícia.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »