15/01/2018 às 09h35min - Atualizada em 15/01/2018 às 09h35min

Prestes a sediar campeonato, estádio de MS está na mira de investigação

Estadual começa dia 17 de janeiro

Cleber Gellio
midiamax

A incerteza do Corumbaense Futebol Clube ficar sem palco no campeonato sul-mato-grossense 2018 de futebol ainda persiste. Isso porque o MPE-MS (Ministério Público Estadual) instaurou Inquérito Civil para apurar as condições de segurança do Estádio Arthur Marinho, que servirá para mando de jogos do time no estadual.

De acordo com diário oficial do MPE-MS (Ministério Público Estadual) desta segunda-feira (15), na investigação que segue sob sigilo, são requeridos, pela 5ª Promotoria de Justiça da Comarca de Corumbá/MS, o Corumbaense Futebol Clube e a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), conforme as disposições do Estatuto do Torcedor. 

Depois de muita discussão, a equipe que estava sem local para receber seus adversários chegou a um acordo com LEC (Liga de Esportes de Corumbá) e vai desembolsar R$ 10.000 mensais pelo aluguel do estádio. 
No entanto, custear o aluguel parece não ser a única preocupação dos dirigentes, uma vez que o clube não contará com recursos da Prefeitura, que está impedida legalmente de realizar melhorias nas dependências do estádio. Inclusive, materiais e equipamentos adquiridos com recursos públicos durante o período do convênio firmado em 2007 e que teve fim no último dia 27 de dezembro, foram retirados.

 

Na capital

Em Campo Grande o Estádio Jacques da Luz, nas Moreninhas, passa por ajustes para obter os laudos necessários e ser liberado. Conforme informação deste domingo (14), no site da FFMS, o gramado foi aumentado para receber as dimensões oficiais de 105 x 68 metros, além da construção de um banco para a PM (Polícia Militar) e deslocamento dos bancos de reservas atrás do gol. As arquibancadas foram numeradas e o sistema de iluminação revisado. Os vestiários também serão pintados. Estão frente às obras, previstas para serem encerradas na quarta-feira (17), a Funesp (Secretaria de Esportes), Federação e Novo Futebol Clube.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »