02/04/2018 às 18h02min - Atualizada em 02/04/2018 às 18h02min

Coronel da PM faz apelo nas redes sociais: ‘chega de morte de policiais’

Em publicação intitulada 'chega de mortes de policiais - a polícia como peça essencial para manutenção da democracia', ele pede apoio à PM

Diana Christie
topmidianews

Presidente da AOF-MS (Associação dos Oficiais Militares Estaduais do MS), o coronel da Polícia Militar, Alírio Villasanti Romero, fez um apelo nas redes sociais para políticas públicas que valorizem as vidas policiais, com ênfase na proteção à cidadania. Ele usa a morte da policial Caroline Plescht, 32 anos, natural de Campo Grande e que morreu em assalto a uma pizzaria em Natal (RN), para a reflexão.

“Partindo da afirmação de que o crime organizado é a única ameaça ao Estado Democrático de Direito e atualmente a política de segurança pública é centrada no binômio compra de viaturas e inclusão de pessoal, reafirmo a necessidade premente do setor ser incluído definitivamente na agenda política nacional, pois historicamente as oligarquias criaram polícias fracas para contenção dos fracos e desvalidos”, declarou.

Em publicação intitulada “chega de mortes de policiais - a polícia como peça essencial para manutenção da democracia”, ele pede apoio à instituição como garantidora de direitos da população. “Ou seja, a polícia é defensora da cidadania. Políticas públicas consistentes, investimento e superação de vaidades corporativas, com adoção de melhoria da governança corporativa farão retroceder rapidamente os níveis de violência”.

Apesar de não citar a intervenção militar no Rio de Janeiro, o coronel enfatiza que “o momento atual é propício para que o tema segurança pública tenha prioridade política e isso poderá trazer resultados impactantes para a qualidade de vida dos cidadãos”. “Realço que acredito num país viável e com capacidade para promover o desenvolvimento sustentável num movimento de sinergia de pessoas capazes de traçar um novo destino para o Brasil”.

Por fim, apesar de não fazer campanha explicitamente, Alírio cita uma frase do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), pré-candidato à Presidência da República. “Aproveito para citar uma frase que vi na entrada do gabinete do Bolsonaro: Vamos juntos resgatar o Brasil! Para isso precisamos começar resgatando o MS”, conclui.

Morte de policial

A policial que inspirou a postagem, Caroline, passava as férias na cidade de Natal juntamente com seu esposo, o sargento da PM Marcos Paulo da Cruz, 43 anos, quando foi morta. O casal estava em uma pizzaria quando criminosos invadiram o local e, durante o roubo, atiraram nos dois.

Eles foram socorridos e encaminhados ao pronto-socorro. Caroline não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital e o sargento permanece internado. A policial morava em Chapecó (SC) desde criança, mas é natural de Campo Grande.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »