04/10/2018 às 08h34min - Atualizada em 04/10/2018 às 08h34min

Servidores públicos de Coxim aprovam greve geral a partir de segunda (8)

Valdeir Simão
DiárioX

Na noite desta quarta-feira (3), em assembleia geral extraordinária, realizada na sede do SIMTED, os servidores públicos municipais de Coxim aprovaram por unanimidade, greve geral a partir do dia 8 de outubro de 2018 (segunda-feira).

Com a presença de centenas de servidores, a categoria deliberou ainda que a greve geral será por tempo indeterminado, até que sejam atendidas pela gestão do prefeito Aluizio São José (PSB), as seguintes reivindicações:

1- Data base de pagamento de salário do servidor público municipal de Coxim-MS, fixado em Lei através de mudança do Estatuto do servidor público, bem como seu efetivo cumprimento;

2- Abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para que sejam elucidados todos os gastos do Município e seu endividamento, levando em consideração os repasses ao IMPC, sindicato, bancos (empréstimo consignado o quanto se paga de juros), planos de saúde CASSEMS e IMCAS;

3- Qualidade de trabalho para os trabalhadores que estão na secretaria de Obras com o regular fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPI) e o cumprimento do acordo feito no Ministério Público Estadual de Coxim/MS na presença do promotor de Justiça, Marcos André Sant´Ana Cardoso, referente aos garis e diálogo com a categoria;

4- Pagamento de insalubridade a todos os auxiliares de serviços diversos (ASDs) e serventes que estão desenvolvendo suas atividades em ambientes insalubres, tais como: cozinha, limpeza de banheiro, entre outros;

5- Repasse dos descontos de contribuição sindical com urgência.

Diretoria do sindicado dos servidores públicos de Coxim e o advogado Caio Campos. (Foto: Valdeir Simão - Diário X)
Assembléia dos servidores públicos de Coxim no SIMTED. (Foto: Valdeir Sim

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »