21/01/2019 às 17h10min - Atualizada em 21/01/2019 às 17h10min

Figueirão entra na lista das cidades mais seguras de Mato Grosso do Sul

De acordo com o Sargento Hernandes Carmo Ribeiro, comandante da PM em Figueirão, isso se deve graças ao trabalho da PM na cidade

costaricanews
Uma boa notícia para Mato Grosso do Sul. Em 2018, o estado teve queda de 9% na quantidade de crimes registrados no primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado. Conforme as estatísticas da PM (Polícia Militar), o estado teve 38.301 ocorrências em junho, em torno de 3,8 mil a menos que em 2017.
 
 
E uma das cidades que apresentou essa queda no número de ocorrência, foi Figueirão, que fica localizada na região norte do Estado.
 
 
Entrevistamos o Sargento Hernandes Carmo Ribeiro, comandante da PM em Figueirão, que contou um pouco sobre esses números, e como as autoridades da cidade vem atuando a fim de coibir os crimes no município.
 
 
De acordo com o Sargento, de dezembro de 2018 até janeiro de 2019, diminui as ocorrência de apreensões de drogas, furtos de veículos e outros crimes que eram recorrentes na região. Ele aponta essa queda graças ao policiamento intensivo na cidade. ”Fazemos policiamento ostensivo e preventivo. Abordagens e barreiras, principalmente no que se refere ao trânsito local. Esses trabalhos são fundamentais para a queda da violência na nossa cidade, porque o bandido sabe que aqui a polícia trabalha e não vai deixar que o crime avance”.
 
 
E com este trabalho de excelência, Fiqueirão ficou entre as 16 cidades do MS que não tiveram homicídios desde 2017.
 
 
E para que essa tranquilidade na cidade permaneça, o Sargento Hernandes lembra que a participação da população é fundamental. ”O que ajuda no trabalho de combate a criminalidade é a população que faz a denúncias dos casos. Por isso, pedimos sempre que se alguém souber de qualquer ocorrência, que possa comunicar a Polícia Militar, pois, além da sua identidade ficar preservada, ela estará contribuindo com o crescimento e o bem estar de Figueirão. E tudo que precisar, a Polícia Militar está à disposição”, finaliza o Sargento Hernandes
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »