08/11/2019 às 05h29min - Atualizada em 08/11/2019 às 05h29min

Fotos de pescaria custam caro e homem terá de pagar R$ 3,9 mil

Da redação
campograndenews
Captura de peixes da espécie Dourados está proibida (Foto: Divulgação/PMA)

Empresário foi multado em R$ 3,8 mil por pescar e exibir nas redes sociais dois peixes da espécie Dourado e dois da espécie Piracanjuba, cuja captura é proibida por lei. A pescaria alvo das irregularidades ocorreu na semana passada, véspera do período de piracema nos rios do Estado, em Rio Brilhante, em Angélica.

Apuração da PMA (Polícia Militar Ambiental) identificou homem de 41 anos, residente em Nova Andradina, e foi até a cidade do pescador nesta quarta-feira aplicar a multa. Ele não negou a captura, mas afirmou que havia soltado os peixes, porém, as imagens revelam que os animais estavam mortos.

O pescador foi autuado administrativamente e multado de R$ 3.891. Ele também responderá pelo crime ambiental de pesca predatória, com pena prevista de um a três anos de detenção.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...