12/11/2019 às 08h27min - Atualizada em 12/11/2019 às 08h27min

Sindicatos Rurais do Norte de MS repudiam o aumento do FUNDERSUL e ICMS sobre a gasolina

O aumento dos impostos impactará diretamente produtores e também a população em geral.

Aldo de Oliveira
virou notícia

 

 

 

Revoltados com a proposta do governador Reinaldo Azambuja que propôs o aumento do FUNDERSUL (Fundo de Desenvolvimento Rodoviário) cuja alíquota pode chegar, em média, a 40%. Além do FUNDERSUL e o aumento do ICMS sobre a gasolina de 25%  para 30%, representantes de sindicatos Rurais da região norte se reuniram no ultimo sábado 09/11 para traçar estratégias que possibilitem a reprovação da proposta do governo.

A ação de resistência contara com protestos durante essa semana, tanto na Assembleia Legislativa de MS, quanto através de notas de repúdio ao abusivo aumento.

Representando o município de Alcinópolis o produtor rural Jackson Martins França e a secretária da entidade Andressa França alegaram que a proposta de aumento vai contra o bom momento que o campo vem atravessando no momento e pode retrair investimentos no setor.



Defensores do aumento, como é o caso do atual presidente da Acrissul, Jonatan Pereira Barbosa, defende que o aumento do fundo servirá para atender necessidades futuras, como o asfaltamento geral de 800 km de rodovias, cascalhamento de outros 300 km de estradas pantaneiras, bem como reparos e edificações de pontes.

Já para Chico Maia, ex-presidente da Acrissul, a proposta do governo está na contramão da economia do Brasil e do governo do presidente Jair Bolsonaro que já sinalizou sobre a extinção dos fundos.

Na verdade toda a categoria foi pega de surpresa, pois, esperava-se um estado mínimo, com desonerações de impostos o que aumentaria a competividade dos produtos da pecuária tanto no mercado interno quanto no externo.

Com a mudança nas alíquotas, o valor cobrado pode ficar até 71% maior como é o caso do bovino macho acima de 24 meses (a alíquota subirá de R$ 13,29 para R$22,83), milhos, o arroz, o soja, o algodão também terão aumentos significativos.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »