14/05/2020 às 13h37min - Atualizada em 14/05/2020 às 13h37min

Na divisa com MS, presidente do Paraguai descarta reabrir fronteira e diz que Brasil é ‘ameaça’ com coronavírus

Ele esteve esteve em Pedro Juan Caballero para inauguração de uma ala com UTI em uma unidade hospitalar.

Marcos Morandi
midiamax

Em visita à Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de  Ponta Porã, na tarde de quarta-feira (13), o presidente do Paraguai, Mário Abdo Benitez, descartou a reabertura da fronteira em Mato Grosso do sul por considerar o Brasil uma grande ameaça para a propagação do vírus.

O presidente esteve na cidade para a inauguração de uma ala com UTI  (Unidade de Terapia Intensiva). “Essa situação de pandemia é  algo que nos preocupa muito, mas nós decidimos defender a vida dos paraguaios e compatriotas e sabemos que o Brasil, não é culpa nossa, é uma realidade, é uma grande ameça a propagação do coronavírus “, disse Mário Benitez.

Segundo ele, o governo paraguaio tem intenção de reabrir a fronteira o quanto, mas que isso só será feito depois que “possa haver uma garantia ao nosso povo de que não vai haver uma propagação” comentou o presidente.

Ele evitou  falar do ato de desobediência do intendente de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo que ignorou a legislação paraguaia e furou a quarentena, passando o dia na casa da sogra em Ponta Porã, reafirmando que todos precisam ser conscientes.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »