22/06/2020 às 17h44min - Atualizada em 22/06/2020 às 17h44min

Preso por tentar matar a ex a golpes de facão também ameaçava o atual namorado dela

Gabriel foi encontrado e preso na casa de familiares em Tocantins

Da redação
MSTODODIA

A Polícia Civil de Costa Rica divulgou que Gabriel Matos da Silva, de 26 anos, preso em um trabalho conjunto de investigação, também ameaçava de morte o atual namorado da ex, um motorista de 28 anos. No último dia 12, ele tentou matar a ex-namorada de 20 anos a golpes de facão e quase decepou as mãos da vítima, tudo isso na frente do filho do casal, de 2 anos.

A Polícia Civil de Costa Rica, com o apoio do Centro Integrado de Operações de Fronteira (CIOF) de Foz do Iguaçu (PR), conseguiu localizar e prender Gabriel em Almas (TO), na tarde de domingo. Ele foi detido por uma equipe da Polícia Militar local e agora é aguardado procedimento para que ele seja transferido para Costa Rica.

No dia do crime, a vítima estava em casa junto com a mãe e o filho, quando o ex-namorado invadiu o imóvel e tentou matar a mulher com diversos golpes de facão. Conforme o delegado responsável pelo caso, Gustavo Mendes, o crime foi cometido na frente do filho da vítima de 2 anos. O delegado então solicitou apoio ao CIOF de Foz do Iguaçu, que já prestou apoio à Polícia Civil de Costa Rica em outras ocasiões.

Em trabalho conjunto, Gabriel foi localizado no município de Almas, onde esteve escondido na casa de familiares. Segundo o delegado Gustavo, o acusado também estava ameaçando de morte o atual namorado da vítima, um motorista de 28 anos.

Entenda o caso

A vítima e Gabriel foram casados por dois anos e tiveram um filho. Após a separação o homem passou a fazer chantagem e ameaçar de morte a ex, que por conta dos fatos procurou a Polícia Civil que requisitou medidas protetivas para a mulher, sendo o pedido deferido pela Justiça.

No mês de maio o homem, que tinha a guarda compartilhada do filho, simulou que a criança estava doente e internada, para atrair a vítima até o hospital, onde foi colocada à força no carro do acusado e levada para a área rural de Costa Rica, onde teria sido estuprada por ele e mantida em cárcere privado por quase dois dias.

Mais uma vez a mulher denunciou Gabriel e a Polícia Civil representou pela prisão preventiva dele e o pedido foi deferido pela 1ª Vara Civil e Criminal, que expediu o mandado e o homem passou a ser considerado foragido da Justiça. No último dia 12, o suspeito invadiu a casa da vítima e tentou matá-la a golpes de facão na frente do filho.

Sobre o CIOF-FIG

O Centro Integrado de Operação de Fronteira de Foz do Iguaçu (CIOF-FIG), foi inaugurado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública em dezembro do ano passado, para combater o crime organizado, intensificar a integração entre os agentes de segurança pública e fortalecer o monitoramento nas fronteiras brasileiras.

O CIOF é o 1º Centro Integrado de Operações de Fronteira do Brasil e foi criado com base nos modelos dos escritórios norte-americanos de monitoramento após os atentados de 11 de setembro de 2011. A base do CIOF funciona no complexo da Itaipu, que apoia o projeto.

O CIOF reúne em um único espaço todos os atores de segurança pública que antes exerciam suas funções isoladamente, ou em conjunto, mas nunca efetivamente coordenados, como polícias estaduais, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Agência Nacional de Inteligência (Abin), Ministério da Defesa, Unidade de Inteligência Financeira (UIF - antigo Coaf), Receita Federal, Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica internacional (DRCI), Departamento Nacional Penitenciário (Depen), dentre outros órgãos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »