04/09/2020 às 14h41min - Atualizada em 04/09/2020 às 14h41min

Pregador da palavra de Deus, Harfouche diz: 'Flordelis não representa a fé cristã'

Ele diz que há pessoas que estão voltadas para o mal em qualquer circunstância

Thiago de Souza
Top Mídia
Crédito: Reprodução Facebook
 
O pré-candidato a prefeito de Campo Grande, Sérgio Harfouche, do Avante, lamentou o episódio que envolve a pastora Flordelis, acusada do assassinato do marido e até relações sexuais com filhos adotivos, no Rio de Janeiro. Ele, que também é evangélico, diz que pessoas do mal não representam a linha que dizem defender. 

"Tem pessoas que são do mal, independente da bandeira que carregam. Pessoas como o médium João de Deus, que defendia a fé espírita, ou o Padre Robson, da igreja Católica. Mas isso não condena a linha que elas defendem",  refletiu o procurador de Justiça afastado.  "Estão voltadas para o mal em qualquer circunstância’’, completou. 

Agora político, Harfouche faz uma comparação entre a fé depositada em um pastor ou padre e a confiança depositada em um político. 

"Quando algum político diz: ‘eu prometo isso e aquilo’... inclusive há alguns que são adeptos do ‘rouba, mas faz’ e isso é inadmissível’’, observa.

''Eles todos vão pagar por isso. Eu acredito na Justiça de Deus'', completou. 
Harfouche diz que vem de uma família multirreligiosa e que isso o faz respeitar todos os credos. Ele destaca que a fé de uma pessoa se observa pelas obras e atitudes.  

‘’O apóstolo Tiago diz que as obras revelam o que há na fé. Então não adianta dizer que eu creio e proceder de forma incoerente’’, reflete novamente. Ele acrescenta que, apesar dos maus exemplos, há pessoas que querem fazer diferente. 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »