26/09/2020 às 15h00min - Atualizada em 26/09/2020 às 15h00min

Após 3 dias da morte de pastor, esposa morre vítima da covid-19 em Chapadão do Sul

Os dois contraíram a doença em Chapadão do Sul e o pastor morreu na última quarta

Da Redação
MS TODO DIA

Após três dias da morte do pastor Silvestre Aparecido da Silva, 61 anos, a esposa dele, pastora Rose, morreu vítima do novo coronavírus. Ela chegou a ficar internada no Hospital Municipal de Chapadão do Sul, mas foi transferida para Campo Grande. O óbito foi constatado na noite desta sexta-feira (25).

Rose era da Igreja Missionária Deus de Israel e é a 12ª vitima do do corona vírus no município. Ela e o pastor Silvestre contraíram a doença em Chapadão do Sul e foram internados no dia 19 de setembro.

Silvestre ficou internado em leito clínico até a última terça-feira, dia 22. Por apresentar piora no quadro de saúde, ele foi transferido para leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Municipal, onde não resistiu e morreu no início da tarde de quarta, dia 23. Ele tinha hipertensão arterial e obesidade grau II.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »