14/02/2021 às 08h28min - Atualizada em 14/02/2021 às 08h28min

Fretista cria bordões engraçados e vira sensação em Campo Grande

Há dois anos, Robson se viu sem emprego e sem expectativas, entretanto, ao olhar para sua picape Strada, viu a luz no fim do túnel

Nathalia Pelzl
Top Mídia

Uma ideia que teve no início da pandemia fez o fretista Robson de Andrea Barboni, 33 anos, virar sensação em Campo Grande.

Há dois anos, Robson se viu sem emprego e sem expectativas, entretanto, ao olhar para sua picape Strada, viu a luz no fim do túnel. 

“Na pandemia acabou ficando um pouco mais complicado, vi algumas postagens engraçadas em outros estados e decidi criar os meus”, comenta. 

Entre os bordões estão: “Levando iludidos, buscando arrependidos”, “Separou do marido? Busco tudo rapidão. Se voltar, dou desconto no retorno”, “Não deu certo com o presente de Deus?”, “Trago seu amado em poucas horas, não é macumba, faço frete”. 

Robson, ou Robinho como é conhecido pelos clientes, garante que o preço é acessível e que, por isso, consegue fazer de 4 a 5 fretes por dia. 

"Estou incentivando amigos também. Estamos crescendo, incentivo a minha irmã. Meu próximo bordão é baseado na música da Marília Mendonça, Supera”. 

Ele revela que não teve ajuda de publicitários. "Não tive ajuda, os bordões foram surgindo, ideias minhas. Pensando em algo pra chamar atenção, pessoal acha engraçado e é uma verdade que acontece muito, a maioria dos fretes ou a pessoa está comprando algo pra casa, ou realmente está separando, não deu certo a convivência, pandemia, enfim, a ideia são músicas sofridas", finaliza. 

O serviço custa a partir de R$ 35 devido ao preço do combustível e também depende da localidade que o frete será realizado. Quem tiver interesse em utilizar os serviços pode entrar em contato no telefone (67) 9 9897-1190

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »