31/10/2019 às 12h40min - Atualizada em 31/10/2019 às 12h40min

Projeto Educativo sobre identidade e memória faz uma reflexão sobre a vida e a cultura dos pioneiros de Alcinópolis

A ação educativa possibilita aos alunos do 5º ao 9º ano reviverem a memória dos pioneiros através de objetos de uso do cotidiano, complementando com informações da arqueologia local e a ocupação do território desde o período pré-histórico.

Aldo de Oliveira
virou notícia

O projeto, Identidade e Memória: Os pioneiros do município, artefatos históricos e a construção da identidade alcinopolense proposto pela Secretaria Municipal de Educação, juntamente com a Casa da Memória Sebastião Nairo Barcelos, com o apoio da Prefeitura Municipal de Alcinópolis, MS tem por objetivo aprofundar os estudos sobre arqueologia local, os pioneiros do município, suas famílias, objetos de uso do cotidiano e sua importância na construção da identidade sociocultural do município. 

A ação que está em andamento estenderá até o fim de novembro. Estão participando alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental das Redes Municipais e Estaduais.
A execução do projeto está sendo realizada pelo Professor e Supervisor de Ações do município o Sr. Jânio de Jesus Morais que palestra com os alunos sobre os temas; Pré-história, Arqueologia, Guerra do Paraguai,  História Regional e Local e a chegada dos pioneiros até os dias atuais.


 
“É uma perspectiva diferente da história local, na qual destacamos, desde o homem pré-histórico, povos americanos e índios que povoaram essa região, como é o caso dos Caiapós, que ocupavam essas terras por volta do século XIX” reafirmou o professor.

O acervo da Casa da Memória é composto por centenas de peças históricas e artefatos líticos que contam um pouco da história do cotidiano dos pioneiros que aqui chegaram desde 1900.


Morais destacou o mérito do trabalho de coleta realizado pelo Professor Josimar Miranda que em 2012 recolheu dezenas de peças e artefatos dos pioneiros, peças que foram juntadas com uma coleção particular doada pelo Museu Parque Temático de Coxim, na pessoa de seu Diretor o Artista Plástico Português José Alves Branco Correia, dando início ao Museu Histórico e Arquelógico de Alcinópolis.
Em 2015 o professor Josimar Miranda, por motivo de mudança, doou todas as peças do museu para o município de Alcinópolis. As peças e artefatos foram guardadas e, em 2017, através da Lei Municipal 425/2017, assinada em 08 de novembro de 2017 pelo prefeito Dalmy Crisóstomo, foi instituída a Casa da Memória Sebastião Nairo Barcelos, espaço onde se encontra esse riquíssimo acervo que conta a história e memórias dos pioneiros do município.


A Casa da Memoria Sebastião Nairo Barcelos está localizada na Av. Olegário Barbosa da Silveira, 1344 – Anexada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Agricultura, Pecuária, Turismo e Meio Ambiente.

 
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »